Pular para o conteúdo principal

28º degrau: 6º Centro de Energia - Frontal



Dia ..... / ..... / ........... , ..............................

Esta meditação pode ser realizada sentada (o) ou deitada (o). Sua duração depende de você, mas reserve no mínimo meia hora e, uns instantes a mais para repensar tudo.

Inicialmente, imagine estar sendo em uma pradaria em noite de lua cheia. Absorva a atmosfera dessa noite. Então, vire-se lentamente. À sua frente verá uma montanha, com um caminho que leva ao topo. Você começa a subir essa trilha lentamente passo a passo. O que você percebe ao seu redor e como se sente agora ?  Depois de algum tempo de caminhada, esse caminho principal se bifurca e dele sai uma trilha mais estreita e mais íngreme, na qual você irá caminhar. A paisagem modifica-se ao seu redor, enquanto você chega cada vez mais alto, até que finalmente alcança um platô.
Ao fundo você vê uma caverna, diante da qual queima uma pequena fogueira violeta. Curioso (a) , você percebe que nesta caverna mora um velho homem. Já haviam falado muito deste homem. Você se aproxima da fogueira e coloca mais lenha, até que as chamas aumentem, num clarão. Você entra na caverna, onde agora pode ver nitidamente o velho sábio. Podendo examiná-lo  mais de perto. Dê-se o tempo necessário para observá-lo calmamente – sua figura, seus olhos, seu ser. Cumprimente o velho homem. Você sabe que pode fazer à este homem uma pergunta, que sempre esteve em seu coração, mas até o momento você nunca tinha formulado à ninguém, por pensar que não haveria resposta para ela. Qual a sua pergunta?        O que sente ao fazê-la?  Respire profundamente, acalme mais e mais sua mente e receba a resposta telepaticamente,  pois vocês estão ligados pelo chakra frontal. 
E de repente você se transforma no velho sábio. Como se sente neste papel? Como encara o questionador? Observe atentamente e pressinta sua intenção mais íntima.  Olhe para ele com olhar íntegro, porém compreensível e afável, que é próprio do homem sábio. Sabendo que por trás de uma pergunta sempre há uma afirmação, reflita... Qual a afirmação que realmente moveu o questionador? .... Então seja você mesmo. Qual é a resposta agora ?  Reflita sobre isto, uma vez  que você avançou ao núcleo da pergunta.

Respire profundamente e agradeça ao sábio por ter lhe cedido seu tempo e por ter falado com você.    Despeça-se dele. 

Saia da caverna. Ao passar pelo meio do fogo violeta você sente em suas mãos um presente, mas sente que só poderá olhá-lo quando chegar ao ponto de partida. Respirando tranqüilamente e olhando em volta você percebe que a lua já caminhou no céu, mas ela ainda brilha, de modo que você pode achar o caminho de volta passo a passo. Finalmente, você chega a pradaria e procura seu lugar. Neste momento você abre sua mão e examina o presente. Torne-se você mesmo o presente. Como você se sente ?  Reflita ... De que forma você poderá ser importante para seu próximo, sendo você um presente? Examine o presente mais uma vez com os olhos e guarde-o, por fim, cuidadosamente em sua memória. Abra os olhos e estabeleça um novo contato com seu mundo exterior.  Finalmente faça sua avaliação de sua capacidade de integrar-se e caminhar por sua energia mental e de encontrar-se consigo mesmo.  Pegue a parte da simbologia e integre em sua vida.

Postagens mais visitadas deste blog

AS 21 BÊNÇÃOS PRODUZIDAS NO JEJUM DE DANIEL

Nova perspectiva inicio hoje. Gratidão pela consciência.  Quarta feira de cinzas. Inicio de tempo de meditação e retiro espiritual. Deserto Interior.

Atualmente existem livros e livros falando de 40 dias de deserto, de meditações... Mas quem me conhece a mais de década sabe que já organizei meditações para 40 dias de jejum e como foi publicado em 1999, tenho como "provar" que não é por modismo que estou iniciando meu deserto 2015 hoje. Estou reeditando a forma e talvez os textos... Quero me colocar em deserto interno e meditar com profundidade e vou fazer isso buscando o que Daniel também buscou a tantos milhares de anos. Sim desta vez farei o jejum de Daniel de 21 dias.
O conceito de um jejum de Daniel vem de Daniel 1:8-14: "Mas, Daniel decidiu não contaminar-se e pediu permissão para não ingerir as comidas reais. Foi atendido.
O que tinha acontecido é que Daniel e seus três amigos haviam sido "deportados" para a Babilônia, quando Nabucodonosor e os babilônios…

Pessoa especial em um dia especial: Maria Julia

Existem “pessoas mágicas” em todos os lugares ao nosso redor. Elas são aquelas com as quais você conhece a felicidade, aquelas te ajudam a voar, brilhar e caminham contigo. São as pessoas com as quais você compartilha a cumplicidade, aquelas que um gesto, ato ou palavra simplesmente mudam seu estado de espirito. Tem um dom especial de transmutar as coisas, essas pessoas magicas pela sua presença alquímica, muitas vezes criam as condições favoráveis para que você possa aliviar  as agruras da sua jornada.
Há pessoas mágicas. Eu juro, já as vejo em varios lugares. Elas estão escondidas em todos os cantos do planeta. Disfarçadas como normais. Ocultando sua maneira especial de ser. Elas tentam se comportar como os outros. Entretanto, às vezes é muito difícil identificá-las. Mas, quando você as descobre, não há como esquecer. ” – Autor desconhecido

Quando li este texto, automaticamente pensei em você Maria Júlia, pessoa especialmente “mágica” que convivo diariamente. 
Você me desafia a evoluir…

Se com as cores do mundo colorir vai desta terra usufruir

Assisti no Animal Planet reportagem sobre o cerrado brasileiro sobre a parceria que existe entre os animais: as formigas cortadeiras, os lobos guarás, tamanduás...

Cada um respeita o ciclo e assim todos vivem bem. Quando o ser humano chegou e arrancou os cupinzeiros os formigueiros para plantar soja alterou essa parceria.
Precisamos repensar a intervenção que estamos fazendo da vida no planeta????
Se pensas que esta Terra lhe pertence? Se crê que só gente é seu semelhante... Vc tem muito que aprender...