Pular para o conteúdo principal

A Terapia do Prazer



O prazer não pode ser controlado nem comandado pelo ser humano. Na opinião de Goethe, é uma dádiva de Deus para os que se identificam coma a vida e se alegram com seu esplendor e beleza. A vida, em troca, lhes dá amor e graça. Mas Deus adverte seus filhos legítimos: “ Apesar de o prazer ser efêmero e abstrato, assenta-o na mente, pois nele está o significado da vida”. 

Para a maioria dos seres humanos, a palavra prazer evoca sentimentos conflitantes. Por um lado está associado ao que é “bom”. Mas a maioria das pessoas as achariam um desperdício a vida voltada só para o prazer, temos medo de que o prazer nos leve a caminhos diferentes, onde esqueceríamos os nossos deveres e obrigações.

Foto de arquivo pessoal do Castelli D'Palma

Outros vêem no prazer uma conotação lasciva. O prazer, especialmente o carnal, tem sido considerado como a maior tentação do demônio. Para os calvinistas, quase todos os prazeres eram pecados. 

Em nossa cultura, todos receiam o prazer. A cultura moderna é mais dirigida pelo ego do que pelo corpo, transformando o poder no principal valor, reduzindo assim o prazer a uma situação secundária. 

É preciso entender que todos nós, estamos prontos a aceitar as tentações do demônio. Este, está presente dentro de cada um sob a forma de um ego que nos acena coma realização de um desejo desde que o obedeçamos. A perversão diabólica da verdadeira natureza humana é a personalidade dominada pelo ego. O ego não existe para ser o mestre do corpo e sim para ser seu servo leal e obediente. O corpo, deseja prazer e não pode, é o contrário do ego. 

A origem de todos os bons pensamentos e sentimentos é o prazer. A pessoa que não tem prazer ou não faz uso fruto deste (o qual está relacionado ao seu corpo e a mente), se torna rancoroso, cheio de ódio e frustrado, desenvolve atitudes auto-destrutivas, seu pensamento torna-se distorcido e perde o seu potencial criativo. 

O prazer também é a força criativa da vida. É a única força capaz de se opor a destrutividade em potencial do poder. Muitos acreditam que esse papel pertence ao amor. Mas é preciso que aconteça a experiência do prazer, para que este não se torne só mais uma palavra. Compreenderemos, então , que o prazer é a chave de uma vida criativa. 

Há necessidade que deixemos de lado essas antigas crenças de que precisamos sofrer para ver Deus. Isso não é verdade, pois apenas um reflexo do que aprendemos no passado com pessoas de autoridade que tinham ou alguns que ainda tem interesses em alienação política ou ideológica. 

Mesmo se analisarmos uma interpretação religiosa, sobre as palavras de Jesus... 

Poderíamos fundamentar a busca do bem-estar... 

Ame ao próximo como a ti mesmo. Ele não disse ao invés de a ti mesmo. 

Começa por aí; e tudo que ele curou, melhorou e transformou de dor em cura para fazer felizes as pessoas. 

Maior prova que até religião encontramos razões para vivermos com qualidade de vida!
       

Postagens mais visitadas deste blog

AS 21 BÊNÇÃOS PRODUZIDAS NO JEJUM DE DANIEL

Nova perspectiva inicio hoje. Gratidão pela consciência.  Quarta feira de cinzas. Inicio de tempo de meditação e retiro espiritual. Deserto Interior.

Atualmente existem livros e livros falando de 40 dias de deserto, de meditações... Mas quem me conhece a mais de década sabe que já organizei meditações para 40 dias de jejum e como foi publicado em 1999, tenho como "provar" que não é por modismo que estou iniciando meu deserto 2015 hoje. Estou reeditando a forma e talvez os textos... Quero me colocar em deserto interno e meditar com profundidade e vou fazer isso buscando o que Daniel também buscou a tantos milhares de anos. Sim desta vez farei o jejum de Daniel de 21 dias.
O conceito de um jejum de Daniel vem de Daniel 1:8-14: "Mas, Daniel decidiu não contaminar-se e pediu permissão para não ingerir as comidas reais. Foi atendido.
O que tinha acontecido é que Daniel e seus três amigos haviam sido "deportados" para a Babilônia, quando Nabucodonosor e os babilônios…

Pessoa especial em um dia especial: Maria Julia

Existem “pessoas mágicas” em todos os lugares ao nosso redor. Elas são aquelas com as quais você conhece a felicidade, aquelas te ajudam a voar, brilhar e caminham contigo. São as pessoas com as quais você compartilha a cumplicidade, aquelas que um gesto, ato ou palavra simplesmente mudam seu estado de espirito. Tem um dom especial de transmutar as coisas, essas pessoas magicas pela sua presença alquímica, muitas vezes criam as condições favoráveis para que você possa aliviar  as agruras da sua jornada.
Há pessoas mágicas. Eu juro, já as vejo em varios lugares. Elas estão escondidas em todos os cantos do planeta. Disfarçadas como normais. Ocultando sua maneira especial de ser. Elas tentam se comportar como os outros. Entretanto, às vezes é muito difícil identificá-las. Mas, quando você as descobre, não há como esquecer. ” – Autor desconhecido

Quando li este texto, automaticamente pensei em você Maria Júlia, pessoa especialmente “mágica” que convivo diariamente. 
Você me desafia a evoluir…

Se com as cores do mundo colorir vai desta terra usufruir

Assisti no Animal Planet reportagem sobre o cerrado brasileiro sobre a parceria que existe entre os animais: as formigas cortadeiras, os lobos guarás, tamanduás...

Cada um respeita o ciclo e assim todos vivem bem. Quando o ser humano chegou e arrancou os cupinzeiros os formigueiros para plantar soja alterou essa parceria.
Precisamos repensar a intervenção que estamos fazendo da vida no planeta????
Se pensas que esta Terra lhe pertence? Se crê que só gente é seu semelhante... Vc tem muito que aprender...