Pular para o conteúdo principal

Dançando as luas (nós duas)


Essa é a  poesia mais linda do mundo.

Não só porque foi escrita por uma maravilhosa e completa artista; (ROSAE NOVICHENKO)

não só, porque tem beleza e leveza nas palavras; 
não só, porque fala da nossa verdade e de luas longe uma da outra.  Mas porque mostra que almas que se amam verdadeiramente permanecem unidades, mesmo quando as circunstâncias criam distâncias que separam corpos, destinos e interesses.
Ontem quando eu a vi depois de 10 anos... Uma saudade tão antiga, uma emoção tão conhecida. Saí da minha noite negra e descobri que ela também. Encontrei comigo mesma e vi que ela ainda estava lá... Onde outros tantos que passaram por minha vida já se foram para sempre. E muitos sem nem deixar lembrança.
Em nossos saltos quânticos permanecem perto aqueles que vibram em sintonia...
E minha irmã gitana me faz lembrar de uma mulher que também  SOU e que abandonei no caminho pedragosos dessa vida.  E cada célula minha festeja esse reencontro. Cada particula louva a e dança ao som da minha algria de abraçar minha querida e amada amigairmã !


Dançando as luas                         
(nós duas)

Vejo minha irmã como se fosse a primeira vez,
vejo minha irmã como se fosse a última vez,
vejo minha irmã como se jamais tivéssemos nos separado...

Que estranha relação vida-morte-vida,
que estranha estrada percorrida 
como se estivéssemos sempre lado-a-lado

Sem falarmos, sem vermos as sutis
expressões do olhar uma da outra
bailando a mesma dança sem movimento,
dança negra da noite, dança negra da nossa alma,
com  música -sussurro dos gritos ao longe,
de lua velha, lua louca e desalmada...


Uma volta, tantas voltas pelo mundo todo...
em caravanas com outra dança e outro povo


Agora lua sempre nova de novo

Nova tenda em novo lugar


Irmã gitana, ouço agora você cantar...
vejo  agora o teu dançar


Então bailemos nova vida de novo
Então bailemos alegria, lua velha,
a lua nova, lua cheia, lua vazia...
          todas luas libertas
sempre novas do nosso velho povo


Rosae Novichenko 

para Maria Ritta Michalski
27.07.2011 - Curitiba


Não foi encontrada a autoria da foto acima na internet, 
se alguem souber  favor  informar nos comentários 

Postagens mais visitadas deste blog

AS 21 BÊNÇÃOS PRODUZIDAS NO JEJUM DE DANIEL

Nova perspectiva inicio hoje. Gratidão pela consciência.  Quarta feira de cinzas. Inicio de tempo de meditação e retiro espiritual. Deserto Interior.

Atualmente existem livros e livros falando de 40 dias de deserto, de meditações... Mas quem me conhece a mais de década sabe que já organizei meditações para 40 dias de jejum e como foi publicado em 1999, tenho como "provar" que não é por modismo que estou iniciando meu deserto 2015 hoje. Estou reeditando a forma e talvez os textos... Quero me colocar em deserto interno e meditar com profundidade e vou fazer isso buscando o que Daniel também buscou a tantos milhares de anos. Sim desta vez farei o jejum de Daniel de 21 dias.
O conceito de um jejum de Daniel vem de Daniel 1:8-14: "Mas, Daniel decidiu não contaminar-se e pediu permissão para não ingerir as comidas reais. Foi atendido.
O que tinha acontecido é que Daniel e seus três amigos haviam sido "deportados" para a Babilônia, quando Nabucodonosor e os babilônios…

Pessoa especial em um dia especial: Maria Julia

Existem “pessoas mágicas” em todos os lugares ao nosso redor. Elas são aquelas com as quais você conhece a felicidade, aquelas te ajudam a voar, brilhar e caminham contigo. São as pessoas com as quais você compartilha a cumplicidade, aquelas que um gesto, ato ou palavra simplesmente mudam seu estado de espirito. Tem um dom especial de transmutar as coisas, essas pessoas magicas pela sua presença alquímica, muitas vezes criam as condições favoráveis para que você possa aliviar  as agruras da sua jornada.
Há pessoas mágicas. Eu juro, já as vejo em varios lugares. Elas estão escondidas em todos os cantos do planeta. Disfarçadas como normais. Ocultando sua maneira especial de ser. Elas tentam se comportar como os outros. Entretanto, às vezes é muito difícil identificá-las. Mas, quando você as descobre, não há como esquecer. ” – Autor desconhecido

Quando li este texto, automaticamente pensei em você Maria Júlia, pessoa especialmente “mágica” que convivo diariamente. 
Você me desafia a evoluir…

Se com as cores do mundo colorir vai desta terra usufruir

Assisti no Animal Planet reportagem sobre o cerrado brasileiro sobre a parceria que existe entre os animais: as formigas cortadeiras, os lobos guarás, tamanduás...

Cada um respeita o ciclo e assim todos vivem bem. Quando o ser humano chegou e arrancou os cupinzeiros os formigueiros para plantar soja alterou essa parceria.
Precisamos repensar a intervenção que estamos fazendo da vida no planeta????
Se pensas que esta Terra lhe pertence? Se crê que só gente é seu semelhante... Vc tem muito que aprender...