Pular para o conteúdo principal

Principais características da Síndrome de Burnout:

SINTOMAS EMOCIONAIS: avaliação negativa do desempenho profissional, esgotamento, fracasso, impotência, baixa auto-estima.

MANIFESTAÇÕES FÍSICAS OU TRANSTORNOS PSICOSSOMÁTICOS: fadiga crônica, dores de cabeça, insônia, úlceras digestivas, hipertensão arterial, taquicardia, arritmias, perda de peso, dores musculares e de coluna, alergias, lapsos de memória.

ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS: maior consumo de café, álcool e remédios, faltas no trabalho, baixo rendimento pessoal, cinismo, impaciência, sentimento de onipotência e também de impotência, incapacidade de concentração, depressão, baixa tolerância à frustração, ímpeto de abandonar o trabalho, comportamento paranóico (tentativa de suicídio) e/ou agressividade.

É preciso deixar claro que a Síndrome de Burnout não deve ser confundida com estresse ou depressão. No primeiro caso, o aparecimento dos sintomas psicossomáticos (dores de cabeça, insônia, gastrite, diarréia, alterações menstruais) sugere muito mais um estresse ocupacional crônico, algo que os estudiosos do assunto definem com tentativa de adaptação a uma situação claramente desconfortável no trabalho.

Em relação à depressão, chegou-se a cogitar uma sobreposição entre Burnout e depressão, no entanto, tratam-se de conceitos distintos. “O que ambos têm em comum é a disforia, o desânimo. Todavia, avaliando-se as manifestações clínicas, encontramos nos depressivos uma maior submissão à letargia e a prevalência aos sentimentos de culpa e derrota, enquanto nas pessoas com Burnout são mais marcantes o desapontamento e a tristeza. A pessoa que vivencia o Burnout identifica o trabalho como desencadeante deste processo”, explica Adriana de Araújo.

Postagens mais visitadas deste blog

AS 21 BÊNÇÃOS PRODUZIDAS NO JEJUM DE DANIEL

Nova perspectiva inicio hoje. Gratidão pela consciência.  Quarta feira de cinzas. Inicio de tempo de meditação e retiro espiritual. Deserto Interior.

Atualmente existem livros e livros falando de 40 dias de deserto, de meditações... Mas quem me conhece a mais de década sabe que já organizei meditações para 40 dias de jejum e como foi publicado em 1999, tenho como "provar" que não é por modismo que estou iniciando meu deserto 2015 hoje. Estou reeditando a forma e talvez os textos... Quero me colocar em deserto interno e meditar com profundidade e vou fazer isso buscando o que Daniel também buscou a tantos milhares de anos. Sim desta vez farei o jejum de Daniel de 21 dias.
O conceito de um jejum de Daniel vem de Daniel 1:8-14: "Mas, Daniel decidiu não contaminar-se e pediu permissão para não ingerir as comidas reais. Foi atendido.
O que tinha acontecido é que Daniel e seus três amigos haviam sido "deportados" para a Babilônia, quando Nabucodonosor e os babilônios…

Pessoa especial em um dia especial: Maria Julia

Existem “pessoas mágicas” em todos os lugares ao nosso redor. Elas são aquelas com as quais você conhece a felicidade, aquelas te ajudam a voar, brilhar e caminham contigo. São as pessoas com as quais você compartilha a cumplicidade, aquelas que um gesto, ato ou palavra simplesmente mudam seu estado de espirito. Tem um dom especial de transmutar as coisas, essas pessoas magicas pela sua presença alquímica, muitas vezes criam as condições favoráveis para que você possa aliviar  as agruras da sua jornada.
Há pessoas mágicas. Eu juro, já as vejo em varios lugares. Elas estão escondidas em todos os cantos do planeta. Disfarçadas como normais. Ocultando sua maneira especial de ser. Elas tentam se comportar como os outros. Entretanto, às vezes é muito difícil identificá-las. Mas, quando você as descobre, não há como esquecer. ” – Autor desconhecido

Quando li este texto, automaticamente pensei em você Maria Júlia, pessoa especialmente “mágica” que convivo diariamente. 
Você me desafia a evoluir…

Se com as cores do mundo colorir vai desta terra usufruir

Assisti no Animal Planet reportagem sobre o cerrado brasileiro sobre a parceria que existe entre os animais: as formigas cortadeiras, os lobos guarás, tamanduás...

Cada um respeita o ciclo e assim todos vivem bem. Quando o ser humano chegou e arrancou os cupinzeiros os formigueiros para plantar soja alterou essa parceria.
Precisamos repensar a intervenção que estamos fazendo da vida no planeta????
Se pensas que esta Terra lhe pertence? Se crê que só gente é seu semelhante... Vc tem muito que aprender...